5 de nov de 2010

São Judas Tadeu e os devotos


No domingo passado, 31/11, acompanhei a procissão de São Judas Tadeu. Nunca tinha ido e achei que deveria ver como era.

Uma multidão desceu a Rua Cosme Velho até a General Glicério e voltou.


Me senti numa cidade de interior. Anjinhos, devotos, velas, som alto e a imagem de São Judas Tadeu seguindo no fuscão preto.
...

Um comentário:

Stella Halley disse...

Se soubesse que a procissão era tão curtinha acho que tinha ido. Fica para o ano que vem. Pelo menos fui até a Igreja no dia da festa. Pela primeira vez. É uma delícia participar da vida do bairro.