22 de fev de 2013

Uma placa no meio do caminho



Eu sei que a Prefeitura tem uma série de Secretarias que planejam a cidade. São arquitetos, paisagistas, urbanistas... profissionais competentes que estudam a melhor forma de utilização do espaço publico. Mas o que adianta ter esses profissionais se o operário que vai fazer o serviço não tem a minima noção do que está fazendo - e acho que também não está interessado em saber. O que leva uma pessoa a colocar uma placa de bandeira no meio da calçada? Ou alguém a colocar um orelhão virado pra rua? Será só burrice, incompetência, má vontade ou a cultura do faz sem pensar e depois alguém corrige?

Um comentário:

Angela disse...

Isabel, pensar deixou de ser uma aptidão humana, fazer o melhor? Pra que? Dá mais dinheiro?
Acham que não.

Poucos são os idealistas, solidários pensantes e lucidos como vc.
Grata por ter retomado o cuidado com o bairro de todos nós.
Um abraço,
Angela