6 de jun de 2011

Cadê a árvore que estava aqui?



No sábado, 28/5, a COMLURB cortou mais uma das árvores da praça Ben Gurion. Não entendo o motivo destes inúmeros cortes radicais que vem acontecendo na região.

Coincidentemente no dia seguinte, 29/5, a capa da Revista de Domingo do jornal O Globo, foi sobre “abraçadores de árvores” - pessoas que fazem de tudo para proteger árvores.

Na matéria de seis páginas, uma enorme foto de Richard Riguetti, morador do Cosme Velho, na Ben Gurion. Foto antiga de um protesto que vem chamando a atenção, desde o fim do ano passado, para o corte de mais de 17 árvores na região.

Será que a COMLURB sabe o faz?
Os próximos verões vão ser insuportaveis por aqui.


5 comentários:

Marilia Martins disse...

eu fico pensando no motivo da morte dessas arvores... Será que alguém sabe dizer quando ela foram plantadas ? acho que elas são mega velhas e é preciso replantar mesmo...vamos ver isso com parques e jardins !

Isabel disse...

O Parques e Jardins acha que muitos dos cortes eram desnecessários. Conflito de opiniões?

Patricia disse...

Por outro lado, pedimos a Comlurb, a mais de 4 meses para retirar uma árvore frutífera plantada na calçada do nosso edíficio, pq os frutos estão caindo sobre os carros e as pessoas correm risco de se machucar e até hoje nada...vai entender esses orgãos públicos...é tudo uma desordem mesmo, sem critérios....

laurab disse...

Será que quem cuida da limpeza pública entende de parques e jardins??? Só neste país lixeiro é a mesma coisa que jardineiro!

Anônimo disse...

Patricia, as árvores estão no lugar delas, nos que estamos invadindo o espço dela e sem respeito nenhum. as pessoas que n deveriam por os carros ali, e maltrata-las! preste bem atenção nisso, a árvore tb é um patrimonio da cidade!!!!!!!! e vc depende dela!